Semifrio de Tiramisu

Quando abri a porta do frigorífico deparei-me com uma embalagem de queijo mascarpone que tinha comprado no Ldl na semana de produtos italianos. Pensei que teria de fazer alguma coisa com aquele queijo. Foi então que me lembrei que tinha visto uma receita na revista de culinária ” Segredos de cozinha” de Abril que encaixaria na perfeição no meu queijo mascarpone.  Fui buscar o avental, o bloco de notas, listei os ingredientes da receita e comecei, tendo atenção aos detalhes para mais tarde poder partilhar com vocês.

 Os detalhes:

  • Alterei as quantidades de alguns ingredientes;
  • Muito importante ter os ingredientes à temperatura ambiente;
  • Costumo demolhar as folhas de gelatina enroladas numa caneca com água fria;
  • Nunca ponho a sobremesa dentro do congelador, para apressar a sua solidificação. Geralmente faço as sobremesas de noite para ficarem no frio até ao outro dia;
  • Quando adicionar o queijo  mascarpone às gemas batidas bata em velocidade mínima só o suficiente para incorporar, se bater demais corre o risco de a mistura talhar;
  • Quando envolver os palitos de champanhe com o preparado de café e licor tenha cuidado para não os ensopar em demasiado;
  •  Guarde o que sobrar no frigorífico cobrindo o melhor que puderem com película aderente para não secar;
img_1320
2 colheres de sopa de natas batidas a serem incorporadas na gelatina escorrida
IMG_1328-2
a gelatina derretida com as 2 colheres de sopa de natas a serem incorporadas novamente nas natas batidas 
IMG_1332
pronta para ir umas horas para o frigorífico

Resultado final

Decorei com umas amêndoas coloridas para honrar a quadra Pascal.

Bom Apetite!!!!!

Ingredientes:

  • 4 folhas de gelatina
  • 3 ovos temperatura ambiente
  • 6 colheres de sopa de açúcar em pó
  • 250g de queijo mascarpone
  • 200ml de natas
  • 2 cálices de licor de chocolate
  • 300g de palitos de champanhe
  • 3dl de café forte
  • Cacau em pó, grão de café e pepitas douradas de chocolate q.b

Modo de preparação

  1. Passe uma forma rectangular-a que vulgarmente chamamos “forma do bolo inglês”- por agua fria e forre-a com película aderente e reserve. Bata as gemas com o açúcar em velocidade média/alta até a mistura ficar esbranquiçada e fofa, +\- 3 minutos, adicione o queijo, reduza a velocidade para o mínimo e bata 30/40segundos. Noutra tigela bata as claras em castelo e envolva no preparado anterior.
  2. Numa terceira tigela bata as natas, retire 2 colheres de sopa das mesmas para uma tigela que vá ao micro-ondas e junte as folhas da gelatina escorridas. Leve ao micro-ondas por uns segundos até derreter. Deixe arrefecer mais alguns segundos e envolva com as restantes natas e junte no creme de queijo.
  3. Misture o licor com o café, embeba alguns palitos de champanhe na mistura e coloque uma camada dos mesmos no fundo da forma, cubra com o queijo creme repetindo a operação até finalizar os ingredientes, terminando com os palitos de champanhe como ilustra a imagem acima e levar ao frigorífico no mínimo 4 horas. Desenforme com cuidado, virando a forma no prato de servir, tirando a película aderente. Decore o cimo polvilhando com cacau em pó e grãos de café.
  4. Se sobrar creme, coloque-o num saco de pasteleiro com um bico estrela, decorando a seu gosto.

Feliz Páscoa!

Beijos e abraços

Bakewell Tart

Mais uma tarte, esta para participar no Sweet world das amigas Susana do blogBasta cheio  e a Lia lemon &Vanilla na sua 15ª edição.

Nesta edição foi proposto uma tarte inglesa de seu nome Bakewell nascida no século XIX, tendo como ingrediente principal a amêndoa e a framboesa, dois ingredientes que gosto bastante, se tiverem interesse em saber mais da história da tarte, leiam aqui.

Andei a pesquisar e encontrei uma receita do Paul Hollywood- um inglês especialista na arte do pão- a qual agradou-me bastante, arregacei as mangas e o resultado foi este.

Uma tarte fofa em que as framboesas acrescentam um sabor penetrante ao doce do frangipane.

Ingredientes

base:

  • 200g de farinha 55 sem fermento
  •  2 colheres de sopa de açúcar em pó
  • 100 gramas de manteiga sem sal fria, cortada aos quadrados*
  • 1 ovo
  • 1 colher de chá de sumo de limão
  • 2/3 colheres de água gelada*

recheio de frangipane

  • 100g de manteiga sem sal temperatura ambiente
  • 100 g de açúcar
  • 2 ovos
  • 50g de farinha55 sem fermento
  • 75g de farinha de amêndoa/amêndoa ralada
  • 1 gota de extrato de amêndoa
  • 100g de doce de framboesa caseiro ou de compra*
  • 100g de framboesas
  •  40g de raspas de amêndoa

equipamento

  • 1 forma de tarte rectangular 36X11cm de fundo movível ou 1 forma de tarte redonda de 23cm

Modo de fazer

base

  1. numa tigela misturar a farinha e o açúcar em pó. Juntar a manteiga trabalhando com as pontas dos dedos até obter uma massa solta, parecendo areia- trabalhar rápido para a manteiga não aquecer nas mãos. Misture o ovo, o sumo de limão e 2 colheres de sopa de água gelada. Deite essa mistura na massa e junte, a massa deve descolar dos dedos, numa bola. Embrulhar em película aderente e levar ao frio durante 15 minutos. Aqueça o forno a 200Cº. Estenda a massa com um rolo com a espessura de 3mm e enrole-a novamente no rolo e estenda na forma deixando um pouco do que sobra nos cantos e lados*. Colocar em cima da massa papel vegetal e encher com algo que faça pressão como ex: feijão, grão ou pesos próprios para o efeito. Não tendo à mão nenhum desses elementos pode picar a massa com um garfo. o objectivo deste procedimento serve para quando a massa for ao forno não formar bolhas. Leve ao forno  durante 12/15minutos, retire o papel vegetal e coza + 5minutos. Tire do forno e corte alguma massa que tenha ficado fora da forma. Baixe o forno para 180Cº

frangipane

  1. Bata a manteiga com o açúcar até a mistura ficar fofa e esbranquiçada, junte um o vo de cada vez. Adicione a farinha, a amêndoa ralada e o extrato de amêndoa.
  2. Espalhe o doce de framboesa no fundo da tarte já arrefecida e espalhe por cima as framboesas e seguidamente o frangipane numa camada uniforme. Leve ao forno 10 minutos. Ao fim desse tempo juntar as raspas de amêndoa e cozer mais 15minutos.
  3. Tirar do forno deixar arrefecer e se quiser polvilhar com açúcar em pó.

Bom apetite!

Notas:

  • A manteiga tem que estar muito fria, convém tê-la sempre no frio até utilizar. Geralmente começo sempre por tirar a manteiga do frio, cortar aos quadrados, por novamente no frio e só tirar quando for utilizar.
  •  Encho um copo com gelo verto água e assim quando precisar da água tenho a certeza de que a água está gelada.
  • Utilizei doce de compra sem açúcar adicionado
  • Quando forramos a tarteira com a massa convém não cortar o logo rente a massa que sobra porque no forno a massa encolhe um pouco.

IMG_1294-2

Beijos e abraços.

 

 

 

 

Mini tartes de ovo e bacon

Foi-me proposto um desafio: uma entrada com o ingrediente ovo. Lembrei-me destas mini tartes que tinha visto á tempos no livro de receitas “fast,fresh,simple”-Donna Hay.

De facto são como o nome indica rápidas e simples encaixando na perfeição naquele pequeno almoço de fim de semana mais tardio ou numa refeição rápida mas confortante. Basta ter à mão ovos, bacon, natas ácidas e salsa.

IMG_1334

Juntamos todos os ingredientes, deitamos numas formas, salpicamos com salsa picada e….forno com elas!!! No tempo de espera cortei umas fatias de pão, torrei-as e cortei-as aos quadrados para acrescentar aquela textura crocante ás minhas mini tartes.

E pronto cá estão elas acabadas de sair do forno tostadinhas, cheirando maravilhosamente.

Bom apetite!!!!

Mini tartes de ovo e bacon

Ingredientes:

  • 12 fatias finas de bacon
  •  6 ovos
  • 240g de natas ácidas*
  • 2 colheres de sopa de salsa picada
  • sal e pimenta

Instruções:

  1. Pré-aquecer o forno a 180cº. Unte 4 mini tarteiras com 12cm e forre  os lados e o fundo com 4 fatias de bacon;
  2. Numa taça bata os ovos, as natas e a salsa;
  3. Por a mistura de ovo nas mini tarteiras e colocar no forno +/- 25 minutos.

NOTA

  • Eu encontrei as natas ácidas no supermercado Jumbo ou no Aldi, caso não consiga encontrar pode substituir por créme fraîche ou natas para cozinhar.

Beijos e abraços

Ana

 

 

 

 

 

Tarte de Snickers

Chocolate, adoro chocolate seja ele branco preto de leite recheado,o que for,por isso não se admirem que vai haver muito chocolate por estas bandas!

Hoje trago uma tarte que vi na sallysbakingaddiction que os meus olhos brilharam e as minhas papilas gustativas começaram logo a salivar porque reunia dois ingredientes aos quais não consigo resistir: chocolate e caramelo. Uma combinação entre uma base crocante com amendoim salgado,recheada de caramelo e outra vez amendoim e coberta de chocolate com……+manteiga de amendoim!

 Cá em casa durou apenas 2 dias, para ser mais precisa dia e meio! Mas o melhor de tudo é que esta tarte faz-se num piscar de olhos, o que pode requerer um bocadinho mais de atenção será a base da tarte e o caramelo salgado, o qual deixo mais abaixo uma descrição mais pormenorizada com algumas fotos.

Aqui está o resultado final! Bonita Hem

Tarte de Snickers

Ingredientes:

base da tarte

  • 110g de miolo de amendoim salgado
  • 180g de farinha de trigo55 sem fermento
  •  40g de açúcar moreno
  • 115g de manteiga sem sal fria*
  •   3 colheres de sopa de água gelada*
  •   1 colher de chá de sal

recheio

  • 1 dose de caramelo salgado (receita abaixo)
  • 150g de miolo de amendoim salgado

cobertura

  • 225g de chocolate negro partido em bocados
  •  35g de manteiga de amendoim

decoração

  • uma embalagem de snickers em miniatura partidos a gosto
  • amendoim salgado partido
  • caramelo salgado

Instruções

  1. Base pré aquecer o forno a 180cº, moer os amendoins. Numa tigela misturar a farinha, os amendoins moidos, sal e o açúcar.
  2. Tirar a manteiga do frigorífico cortar aos quadrados e misturar á farinha, trabalhando com as pontas dos dedos até obter uma massa solta, parecendo areia- trabalhar rápido para a manteiga não aquecer nas mãos. Deite as 3 colheres de sopa de água gelada para juntar a massa. A massa deve descolar dos dedos. Tendo os dedos enfarinhados, colocar a massa numa tarteira de 22 ou 24cm, fazendo pressão até a massa estar igualmente distribuída pela forma. Colocar em cima da massa papel vegetal e encher com algo que faça pressão como ex: feijão, grão ou pesos próprios para o efeito. Não tendo á mão nenhum desses elementos pode picar a massa com um garfo. o objectivo deste procedimento serve para quando a massa for ao forno não formar bolhas.
  3. Pôr a massa no forno já aquecido durante +/- 18 minutos. Retirar e deixar arrefecer e entretanto ir preparar o recheio.
  4. Recheio misturar os amendoins – eu parti-os um pouco- com a dose de caramelo salgado, já feita e ligeiramente arrefecida e deitar por cima da base da tarte.
  5. Cobertura derreter em banho maria o chocolate com a manteiga de amendoim e espalhar por cima da cobertura de caramelo. Decorar com os snickers e amendoins.

DICAS 

  • Pode fazer esta receita antes do tempo havendo várias maneiras de o fazer. Pode preparar toda a sobremesa cobri-la bem com película aderente e deixar no frigorífico durante 3 dias. Tirar do frio algumas horas antes de servir para dar tempo ao caramelo ficar menos rijo.
  • Preparar a massa e depois de sair do forno, deixar arrefecer e guardar no frigorífico durante 2 dias.
  • Pode também fazer o caramelo salgado e guardar no frio durante 1 semana.
  • Por fim, pode fazer a tarte e congelar durante 3 meses. Quando quiser utilizar, descongelar durante a noite no frigorífico e deixar á temperatura ambiente até a altura de servir.

Notas

* A manteiga tem que estar muito fria, convém tê-la sempre no frio até utilizar. Geralmente começo sempre por tirar a manteiga do frio, cortar aos quadrados, por novamente no frio e só tirar quando for utilizar.

* Encho um copo com gelo verto água e assim quando precisar da água tenho a certeza de que a água está gelada.

Caramelo Salgado

Ingredientes

  • 200g de açúcar granulado
  •  90g de manteiga com sal temperatura ambiente cortada em 6 quadrados
  • 120ml de natas
  • 1 colher de chá de sal

Instruções

Num tacho colocar o açúcar e mexendo sempre deixar derreter até atingir a cor                  amber.

2.

Retirar o tacho do lume e acrescentar a manteiga com cuidado, porque a mistura vai         borbulhar e pode queimar, levar outra vez ao lume mexendo.

3.

Devagar acrescentar as natas mexendo sempre, deixando ferver um minuto. Retirar         do lume, e deitar a colher de chá de sal. Deixar arrefecer um pouco antes de utilizar

IMG_1069

Primavera

Símbolo de começos e recomeços e assim sendo nada melhor para começar este blogue de nome a cozinha da anikas. Aqui vai o meu primeiro post:

Brioche de manteiga de alho e ervas

image

          Um pão macio amanteigado com sabor a alho – quem é que não gosta de pão com sabor a alhoe ervas. Bonito na sua forma fica bem numa mesa de celebração e estou- me a lembrar que a Páscoa já está aí ao virar da esquina.

       Ora vamos lá falar deste guloso pão.Os primeiros passos são iguais a qualquer outro brioche, o que difere é na sua forma e no recheio – manteiga com ervas e alho! O que vos digo é que não é nada do outro mundo, basta o rolo da massa, um cortador redondo de bolachas e um pouco de paciência para esperar o levedar da massa.

 

 

A forma do brioche também é importante, como já viram na foto.  Este brioche está na categoria dos “pull apart bread” no original que quererá dizer ele é colocado na forma em secções se assim se poderá dizer não as apertando para que livremente expandam

image

E … Voilá  um pão bonito ,cheio de sabor com um cheiro maravilhoso para  ser comido quentinho ao sair do forno!-receita adaptada kingarthurflour.com

 

Igredientes

para a massa

  • 230g leite meio gordo *
  •   60g manteiga
  •   40g de açúcar
  •   2 colheres de chá de sal
  •   2 ovos
  •   1 pacote de fermento padeiro seco
  •  580g de farinha65 sem fermento
  •    20g de fécula de batata

recheio

  • 120g de manteiga sem sal á temperatura ambiente
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 colher de chá de cebolinho picado
  • 1 alho esmagado
  • 1/2 colher de chá de sementes alcarávia ou de funcho *
  • 1/2 colher de chá de manjericão seco
  • 1/2 colher de chá de oregãos secos
  • 1/2 colher de café de pimenta cayena ou a gosto

Instruções

  1. Numa tigela que vá ao microondas deite o leite  a manteiga e aqueça até derreter a manteiga,deixe arrefecer um pouco,37cº.
  2. Transfira a mistura do leite para a taça da batedeira com a peça de bater massas e adicione os ovos(desfeitos), o fermento,a farinha e a fécula de batata. Bata a massa  +/- 3minutos. A massa fica pegajosa mas forma uma bola – ver foto -Se não formar a bola por mais um pouco de farinha, com o cuidado de não por demais.
  3. Transferir a massa para uma tigela untada com manteiga ou azeite tape e deixe levedar +/- 90minutos*
  4. Enquanto a massa está levedar pode ir fazendo o recheio: comece por colocar num almofariz todos os ingredientes menos a manteiga e o cebolinho picado.Quando tiverem bem esmagados acrescente a manteiga e o cebolinho e misture bem.
  5. Quando a massa já tiver levedada com as mãos tire o ar e com o rolo da massa faça um circulo +/- 30cm com 1/2cm de espessura.Com um corta bolachas redondo do tamanho de lata de ex. grão ou tomate…pequeno, cortar círculos o mais perto uns dos outro, deve dar +/- uns 10 circulos
  6. Espalhe o recheio em meio circulo e dobre ao meio fechando as pontas e colocando cada circulo recheado em 2 formas rectangulares de 24,5cmx11,5cm ou numa de 30cmx11cm, tendo o cuidado de não os apertar muito.
  7. Tape a forma(s) com película aderente untada e deixe levedar +/- 60minutos. Pre-aqueça o forno 180cº quase no tempo final da levedura da massa e leve ao forno 18 a 25 minutos. Se notar que o(s) brioche estão a ficar dourados muito depressa cubra com folha de papel de alumínio.
  8. Tire o(s) brioche do forno, se desejar barre-o(s) com a manteiga de ervas que possa ter sobrado e sirva ainda quentinhos. Pode guardar o que sobrar bem acondicionado com película aderente á temperatura ambiente por alguns dias. Quando voltar a servir aqueça uns minutinhos; pode congelar, para servir deixar descongelar temperatura ambiente e na altura de servir aquecer.

 

DICAS

Aqui usei um pacote de 200ml + 3 colheres de sopa de leite

Alcaravia semente arranjei nas especiarias da marca “espiga” e o funcho na marca 

“Margão”

* O truque que utilizo quando o tempo está frio para a massa levedar mais depressa: antes

   de começar a preparar a massa, ligo o forno na temperatura minima(50cº) preparo a 

massa,  desligo o forno  abro a porta do mesmo e coloco a massa a levedar deixando a

a porta aberta mais 1 ou 2 minutos, fecho até a massa estar levedada.

O que fiz com as sobras

No caso de utilizar a forma mais pequena, e só quiser fazer um pão, aqui fica mais uma sugestão para utilizar a massa que sobrou:

  1. rolar a massa num rectangulo e cortar em quadrados – não é preciso ficarem do mesmo tamanho – e colocar o recheio no cimo. O recheio pode ser ainda o que sobrou ou pode variar como: pesto em vez do recheio de manteiga, ou misturar queijo ralado na manteiga, ou como eu fiz que tinha umas sobras de queijo mozzarela fresco.
  2. Juntar 3 ou 4 quadrados e colocar numa forma de cupcakes, repetir com os outro quadrados de massa.Deixar levedar até expandirem e cozer em forno pré-aquecido a 180cº por 15 a 18 minutos até ficarem douradinhos.