Pizza de espargos e queijo de cabra com pesto de pimento vermelho assado

Já à algum tempo que tinha vontade de fazer uma pizza. Cá em casa as pizzas são sempre feitas de “raíz”. Ando sempre à procura de novidades e desta vez encontrei uma pizza na william sonoma que ia de encontro aos ingredientes que tinha no frigorífico: espargos, queijo de cabra e pimento vermelho. A massa desta pizza tem um pouco de farinha integral.

Para fazer o pesto primeiro temos que assar os pimentos, claro que pode sempre já os comprar assados, mas eu por principio  asso no grelhador do forno. Arranjar os espargos. E como é que eu arranjo os espargos, parto-os no sitio em que  quebram facilmente. Tentem e percebem logo o que eu quero dizer! Voltando ao pesto, depois

de os pimentos estarem  assados colocá-los no robot de cozinha ou numa picadora com o resto dos ingredientes. Uma boa base para substituir o tradicional molho de tomate.

 


Os espargos também podem ser substituídos por outros legumes: tomate, courguete, espinafres, berinjela e por aí fora!

Bom apetite!

Receita

Ingredientes

Massa pizza

  • 290g de água 37C
  • 500g de farinha T65
  •   40g de farinha integral
  •      8g de fermento padeiro em pó
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 1 colher de sopa de sal
  • 2 colheres de sopa de azeite

Pesto

  • 1 dente alho
  • 60g de nozes tostadas
  • 30g de queijo parmesão ralado
  •  3 colheres de sopa se azeite
  • Sal e pimenta q.b

Cobertura

  • 250g de espargos arranjados
  •   60g de queijo mozzarella ralado
  • 150g de queijo cabra
  •  2 colheres de chá de azeite + para barrar + salpicar
  • Sal e pimenta q.b

Preparação

  1. No robot de cozinha ou numa picadora colocar as farinhas, o açúcar, o fermento e o sal e pulsar até os ingredientes ficarem misturados. Com as máquinas a trabalhar numa velocidade baixa, acrescente a água e o azeite até a massa juntar e formar uma bola. Eu como fiz no robot de cozinha, assim que a massa ficou ligada com os líquidos, bati na vel massas durante 3 minutos.
  2. Transferir a massa para uma tigela untada com um pouco de azeite, tapar com película aderente e deixar levedar até dobrar de volume.
  3. Enquanto a massa leveda, preparamos o pesto. Assar os pimentos, no grelhador ou no grill do forno, tirar a pele e colocar no robot ou numa picadora juntamente com o alho, as nozes, o queijo parmesão , o azeite , sal e pimenta até ficar uma pasta. Retirar e colocar numa tigela pequena.*
  4. Assim que a massa atingir o dobro do volume, moldá-la numa bola, colocar um pano por cima e deixar descansar enquanto executa o resto da receita.
  5. Pré-aquecer o forno a 200ºC. Pôr uma panela ao lume com água e sal e quando a água estiver a ferver, deitar os espargos e deixar cozinhar até estarem tenros. Atenção é um processo rápido- 1/2minutos máximos- tirar e escorrê-los num passador.
  6. Numa bancada enfarinhada, dividir a massa em 1 ou 2 porções e com o rolo da massa formar um circulo ou um rectângulo, espalhar o pesto de pimento sobre a massa e por cima o queijo mozzarella. Com as mãos esfarelar o queijo de cabra a cobrir  pizza . Por fim colocar os espargos. Pincelar a pizza com azeite, temperar com sal e pimenta.
  7. Levar a pizza ao forno até a crosta se encontrar cozida e estaladiça, +/- 12 minutos.
  8. Tirar do forno e antes de servir, salpicá-la com azeite.

NOTA: pode congelar o pesto durante 2 meses.

Beijos e Abraços

Ana

 

Donuts de limão merengados

Ainda com a farinha Nacional, desta vez com a farinha65, saíram estes donuts que me ficaram debaixo de olho, do blog da Manuela, parecendo-me ser divinais. Não me enganei, são mesmo divinais. Na primeira dentada, tive a imagem e o sabor daquela “bola de Berlim” sequinha com o

açúcar qb, vendida na praia quando í a de férias com os meus pais para o Algarve. Recordações….! 

Voltando ao agora, não vou esconder que os donuts dão algum trabalho na sua execução, sim, e levam também o seu tempo, mas na verdade vale o trabalho e a espera…. Temos que lhes dar dois dias, enfim digamos que comecemos a juntar os ingredientes para fazer a massa dos donuts á noite e deixamos cobertos no frigorífico até ao outro dia. Entretanto podemos ir 

começando a fazer o curd (coalhada) de limão. Para quem nunca ouviu falar, curd ou coalhada é um creme de gema de ovos, sumo de limão e açúcar que vai engrossar em banho maria e é utilizado em recheios de bolos, tartes, bolachas e quem for muito guloso até pode comer à colherada!

Também aqui é preciso um pouco de tempo e paciência, +/- 25 minutos, para termos um creme de limão cremoso e aveludado. Se gostar dele mais doce pode acrescentar mais um pouco de açúcar. No dia seguinte comecemos pelos donuts

Aqui há um detalhe que não posso deixar de mencionar: os donuts tem que ser colocados num tabuleiro a levedar com bastante farinha para evitar que fiquem colados quando os formos pôr a fritar perdendo o seu volume e ficando espalmados.

img_1564
É assim que queremos que eles vão direitinhos para a frigideira

Outro pormenor importante diz respeito à fritura dos mesmos. A fritadeira tem que ter bastante óleo a uma temperatura de 180ºC. Fritar dois de cada vez para poder controlar a sua rápida fritura.

eu fritei-os aos pares e durante 1 minuto e pouco, sempre a virar

Deixa-los escorrer e ter perto um recipiente com açúcar para ainda quentes os passar. Enquanto arrefecem fazer o creme. Só tirar do frio as natas e o queijo mascarpone quando os for bater. Nas natas eu, uns 10 minutos antes de as bater  coloco-as no congelador juntamente com o batente. Outro detalhe importante que não facilito diz respeito ao açúcar em pó: peneiro sempre o açúcar, pelo menos duas vezes.

Depois de rechear os donuts, começo a fazer o merengue ou marsmellow. Aqui vou aproveitar as claras que me sobraram da coalhada de limão e vou acrescentar além  de açúcar xarope de milho transparente ou glucose. O xarope milho compra-se nas lojas Gloodxarope milho ou no supermercado americano em Lisboa. A glucose costuma haver nas lojas de Cake Design. Eu utilizo xarope de milho.

Com um saco pasteleiro e um bico em estrela (wilton 1M) decora-se os donuts. Para finalizar queima-se ligeiramente o merengue e…..finalmente estão prontos para comer!


Bom apetite!

Ingredientes 

Donuts ( +/- 30)

  • 750g de farinha nacional65
  • 115g de açúcar
  • 1 colher de chá de sal
  • 25g de fermento de padeiro fresco
  • 6 ovos á temperatura ambiente
  • 1 colher de chá de pasta ou extrato de baunilha
  • 225 ml de leite meio gordo temperatura ambiente
  • óleo vegetal para fritar +/- 1Litro+1/2
  • açúcar para passar os donuts depois de os fritar

Coalhada de limão

  • Sumo de 1-2 limões
  • 90g de açúcar
  • 4 gemas de ovo
  • 60g de manteiga á temperatura ambiente

Creme de queijo mascarpone e limão

  • 500ml de natas para bater frias
  • 250g de queijo mascarpone frio
  • 220g de açúcar em pó
  • 1 colher de chá de pasta ou extrato de baunilha
  • 4-5 colheres de sopa de coalhada de limão

Merengue

  • 4 claras
  • 230g de açúcar
  • 130g de xarope de milho transparente ou glucose
  • 90ml água
  • 1 colher de chá de extrato de baunilha

Preparação

Donuts

  1. Não esquecer que precisam de uma noite no frigorífico.
  2. colocar todos os ingredientes na taça da batedeira com o batente para massas e bater na velocidade média +/- 20 minutos ou a textura da massa estar elástica.
  3. Cobrir a massa com película aderente e levar ao frio até ao outro dia.
  4. Tirar a massa do frio para uma superfície enfarinhada.
  5. Cobrir 2 tabuleiros com bastante farinha.
  6. Com o rolo  estender a massa e com um corta bolachas redondo fazer círculos até acabar a massa (ver foto acima), colocá-los no tabuleiro, tapar com um pano limpo e deixar levedar até dobrarem de volume +/- 1hora e 1/2.
  7. Prepare a frigideira, aqueça o óleo a 180ºC,com cuidado retire os donuts do tabuleiro com uma espátula enfarinhada para a frigideira.
  8. Frite 2 donuts de cada vez, até ficarem dourados. Queremos que eles fiquem dourados por fora e cozinhados no seu interior. Vá verificando a temperatura do óleo para a manter nos 180ºC.
  9. Tire-os da frigideira com uma escumadeira para um prato com papel de cozinha para tirar o excesso de óleo.
  10. Passe-os ainda quente por açúcar

Coalhada de limão

  1. Colocar o sumo de limão, o açúcar e as gemas numa tigela.
  2. Levar a tigela a banho maria e com um batedor de arames ir mexendo até engrossar +/- 25 minutos.
  3. Tirar a tigela do lume e juntar a manteiga até a mistura ficar macia e aveludada.
  4. Por a coalhada num frasco ou numa tigela pequena e deixar arrefecer.
  5. Guardar no frigorífico. Utilizar no prazo de 2 semanas.

Creme de queijo mascarpone e limão

  1. Peneirar o açúcar em pó
  2. Na tigela da batedeira com o batente de arames juntar as natas, o queijo, o açúcar  e a baunilha.
  3. Bater na velocidade média até a mistura aumentar de volume e ficar fofa, uns 3 minutos.
  4. Juntar a coalhada de limão e misturar com uma espátula com movimentos debaixo para cima.

Merengue/Marshmallow

  1. Na tigela da batedeira limpa sem quaisquer vestígios de gordura com o batente de arames, colocar as claras.
  2. Numa panela, juntar o açúcar, o xarope e a água mexendo cuidadosamente até o açúcar se dissolver.
  3. Leve a panela ao lume e sem mexer deixe atingir a temperatura 117ºC no termómetro digital. Quando a temperatura tiver atingido +/- os 110ºC começar a bater as claras.
  4. Na velocidade mínima bater as claras, quando estas estiverem espumosas acrescentar 3 colheres de açúcar, uma de cada vez, aumentar a velocidade e bater até as claras ficarem em “castelo”.
  5. Por esta altura o açúcar já terá atingido a temperatura 117ºC, tirar do lume, diminuir a velocidade da batedeira para o mínimo e deitar em “fio” o xarope de açúcar . O “fio” deverá cair mais encostado à borda da tigela porque se deitar directo no batente vai esguichar e corre o risco de se queimar. Quando o xarope estiver todo nas claras, aumentar a velocidade para o máximo de deixar bater até o creme se apresentar grosso e brilhante e se segurar firmemente no batente. A tigela ainda se deve encontrar morna ao toque. Nesta altura poderá acrescentar o extrato de baunilha e bater só para misturar.

Montar os Donuts

  1. Com uma faca num dos lados dos donuts abrir um buraco do tamanho do bico pasteleiro redondo.
  2. Encher o saco de pasteleiro com um bico redondo o creme de queijo mascarpone e limão e rechear os donuts como mostra a foto acima.
  3. Noutro saco de pasteleiro com o bico em forma de estrela(wilton 1M) encher com o merengue e decorar o cimo dos donuts.
  4. Finalmente com um queimador, queimar ligeiramente o merengue.

E se tiveram o trabalho e a paciência de chegarem até aqui, agora é tempo de calmamente partilhar e saborear os donuts com os seus entes queridos!!!!

Beijos e Abraços!