Sobremesa de maçã e caramelo 

Este mês a Marta escolheu a maçã com este lindo logo  para nos desafiar a colocar coisas boas na sua sempre linda mesa. Como já tinha a maçã debaixo de olho pois deram-me umas maçãs reinetas que teriam de ser utilizadas rapidamente, resolvi que um dump cake que tinha visto à tempos nas minhas pesquisas seria  a melhor maneira de aproveitar as ditas maçãs. Não consegui arranjar uma tradução em português para dump cake e por essa razão preferir chamar-lhe sobremesa de maçã e caramelo. De qualquer forma gostaria de brevemente deixar aqui o que descobri acerca do referido dump cake. A palavra dump tem a tradução literal de despejo e de facto o que se faz é “despejar” alguns ingredientes para um tabuleiro levar ao forno ou não e rapidamente temos uma sobremesa. Geralmente esses ingredientes são adquiridos já pré-confeccionados para acelerar o processo, o que nem sempre resulta bem. Dizem os entendidos que o sucesso dos dump cakes  resulta em utilizar os tais ingredientes feitos de raíz ou seja feitos por nós. Claro que aqui em Portugal é muito fácil pois ainda não temos à venda a quantidade de produtos já confeccionados que os americanos  e ingleses têm. Seguindo então o conselho anotei quais os ingredientes do dump cake e mãos à obra.!

IMG_3082-2

Comecei por fazer o recheio de maçã. Andei tão entusiasmada a fazer uma história para o instagram que esqueci de tirar fotos, mas não está tudo perdido porque guardei a história e publiquei na minha página do facebook que deixo aqui a ligação. Depois o caramelo salgado e por último a mistura de farinha.

Reuni todos os ingredientes IMG_3059-2.jpg

e comecei a montar pela seguinte ordem:

1- recheio de maçã

2- caramelo

3- mistura da farinha

4- nozes e quadradinhos de manteiga

para o forno e quando na cozinha começar a ter vários cheiros desde maçã assada com canela, a seguir a caramelo e por fim a bolo saberá que tem a sua sobremesa pronta!IMG_3094-2

Pode comer simples ou acompanhada por uma bola de gelado, natas batidas com um pouco de canela ou o que a sua imaginação lhe ditar. Eu para já acompanhei com uma bola de gelado regado com o caramelo salgado que me sobrou.IMG_3085-2

Bom apetite!!!

Receita

Ingredientes

Recheio de maçã

  • 8 maçãs qualidade à escolha
  • 6 colheres de sopa de água
  • 57g de manteiga
  • 2 colheres de chá de canela
  • 140g de açúcar
  • 2 colheres de sopa +1/2 de amido de milho
  • 4 colheres de sopa de água

Caramelo Salgado

  • 450g de açúcar
  • 170g de manteiga sem sal cortada aos quadrados
  • 200g de natas à temperatura ambiente
  • 1 colher de sopa de flor de sal

Mistura de farinha

  • 195g de farinha T55 sem fermento
  • 264 de açúcar
  • 1 colher de chá de fermento
  • 1/2 colher de chá de sal fino
  • 72g de nozes partidas grosseiramente
  • 170g de manteiga sem sal cortada aos quadrados

Preparação

  1. Recheio de maçã: num tacho colocar as maçãs descascadas e cortadas ás fatias, o açúcar e a manteiga derretida com a canela. Cobrir a panela com uma tampa e deixar cozer, até a fruta amolecer. Mexer de vez em quando para não pegar, mas tendo o cuidado para não esmagar muito a fruta.
  2. Numa tigela pequena misturar o amido de milho com a água. Juntar à panela e continuar a cozer até a mistura engrossar. Queremos um recheio em que a fruta esteja cozida mais aos bocados.
  3. Caramelo salgado: modo de preparação  aqui
  4. Mistura de farinha: numa tigela misturar a farinha, o açúcar, o fermento e o sal

Montagem

  1. Aquecer o forno a 180ºC. Untar com manteiga e polvilhar com farinha um tabuleiro 22x33cm e colocar o recheio de maçã, em cima o caramelo e seguidamente a mistura de farinha sacudindo um pouco. Para terminar as nozes e a manteiga aos quadrados a cobrir todo o tabuleiro.
  2. Levar ao forno 35 a 40 minutos. Retirar, deixar amornar ou esfriar e servir.

Beijos e Abraços

Ana

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

  Pudim tradicional limão/ traditional lemon pudding 

scroll down for english recipe
Quando andei a fazer arrumações na minha dispensa encontrei uma colecção de livros de cozinha tradicional portuguesa bastante antigos que curiosamente comecei a folhear. À medida que ia folheando, veio-me à ideia que seria interessante partilhar algumas das receitas com vocês, já testadas por mim, mas também partilhá-las em língua inglesa por esse mundo fora, dando a conhecer um pouco do nosso Portugal.

Assim sendo e como tinha acabado de fazer um bolo de claras e sobrado  algumas gemas, abrir esta nova categoria com um pudim de limão tradicional da região de Bucelas. Para quem não sabe Bucelas é uma freguesia pertencente ao concelho de Loures situada nos arredores de Lisboa. É conhecida principalmente pelos seus vinhos tendo jáuma região  demarcada.

Foto tirada da net

O pudim, uma receita fàcil de fazer, apenas com ovos, açúcar,limão e àgua . Aqui o ingrediente principal são os ovos nada mais nada menos que 14 o que não é de admirar pois muitos dos nossos doces tradicionais são feitos com grandes quantidades de ovos. As gemas e o ovo são  colocadas numa calda de açúcar e limão e vão ao forno em “banho maria”. No final acrescentei ao pudim o meu toque pessoal decorando-o com rodelas de limão caramelizadas.​Bom apetite!

RECEITA 10 pessoas forma 25cm com chaminé 

Ingredientes 

Para o pudim

  • 430g açúcar
  • 215g àgua
  • 13 gemas + 1 ovo
  • 1 limão

Para o limão caramelizado 

  • 10 colheres de sopa de açúcar
  • 150g de água
  • Rodelas finas de 1 limão +1/2

Preparação

  1. Pré aquecer o forno 170C. Untar uma forma com buraco.
  2. Num tacho deitar a àgua, açúcar,sumo de 1/2 limão e uma casquinha sem a parte branca. Deixar ferver em lume brando até atingir o ponto fio-110-112C no termómetro do açúcar- +\- 20 minutos.
  3. Deixar arrefecer um pouco. Numa tigela colocar 13 gemas + 1 ovo inteiro e misturar.
  4. Temperar os ovos: deitar uma colher de sopa da calda nos ovos e com uma vara de arames misturar rapidamente. Repetir o processo até a mistura dos ovos estar morna. Só então deitar em fio o resto da calda sempre a misturar com a vara de arames. Este procedimento vai evitar que os ovos cozam ficando a mistura com farrapos brancos.
  5. Deitar o preparado na forma untada levar ao forno dentro de um tabuleiro com água quente para cozer em banho-maria durante +\- 30 minutos.
  6. Deixe arrefecer no forno quando estiver morno coloque no frigorífico para ficar completamente frio e só depois desenformar com cuidado passando uma espátula à volta do pudim e centro.
  7. Cortar rodelas finas dos limões. Numa panela juntar o açúcar e água e as rodelas de limão, deixar ferver em lume brando durante 10 minutos.
  8. Apagar o lume e retirar cuidadosamente para uma grelha untada ou papel vegetal e deixar esfriar. Guardar a calda se quiser utilizar no pudim.

After looking through some old books of traditional Portuguese recipes that I found in the house, I thought it would be interesting to do some posts about some of the recipes and at the same time to make known the regions where they belong. So , I started with a traditional lemon pudding from the Bucelas region..Bucelas is a Portuguese village near of Lisbon in Portugal.

Google photo

It is a village that continues to maintain rural characteristics and has in the winemaking activity strong traditions for the excellent white wines that it produces.  The fame of white wine is very old.It was during the French invasions that the wine of Bucelas happens to have international fame. It is said that the King George III, at the time Prince Regent, suffered from a disease and to treat it was used the wine of Bucelas ,offered by general Wellington  in its return of the Campaigns of Portugal. Due to it the wine of Bucelas, became a habit of the Crown of England. It is currently known around the world, achieving several gold and silver medals in international competitions.

Google photo

In Bucelas, even today there are more traditional professions and people from this land still live, such as blacksmiths, basket-makers, and coopers. Apart from all this, it has a very rich gastronomy, beautiful landscapes

Google photo

and a rich cultural heritage, which is worth knowing, such as Bucelas Mother Church.

Google photo

Located in the center of the urban nucleus, in a small elevation, this remarkable temple with evident references to the century. XVI, shines for the diversity and quality of its Art and History. Another important even is a traditional party call it wine and vines to promote the culture and ethnography of this region as well as its tourist promotion. Popular music, folklore, handicrafts and various exhibitions are part of the program that has its high point in the Ethnographic Parade.

Google photo
Google photo
Google photo

This lemon puddim has as mainly ingredient the eggs, 14 eggs more precisely. You know here in Portugal our Traditional sweet recipes most often has a lot of eggs. In this recipe besides the eggs, it has only more 3 ingredients: sugar, lemon and water.

The secret for this recipe work out is to temper the eggs. You must adding the hot liquid slowly to bring up the temperature of the eggs without scrambling them. So you need to add a very small amount of hot liquid into the eggs while constantly whisking the eggs. I add a tablespoon each time and I repeat the process for more 5 times. Now you can safely add the remaining hot liquid. Adding the hot liquid slowly will gradually bring up the temperature of the eggs without scrambling them.

RECIPE – serves 8-23cm pan with a whole in the middle 

For pudding 

  • 430g sugar
  • 215g water
  • 13 egg yolks + 1 egg
  • 1 lemon

For candied lemon Slices

  • 1 lemon + 1/2
  • 10 tbsp sugar
  • 150g water

Directions:

  1. FOR PUDDING: Preheat the oven 350 F and have de baking pan you’ll use for the double boiler handy. Butter a pan very well.
  2. In a saucepan over medium-high heat bring the water ,sugar, a juice of 1 lemon and a 2 inch lemon peel only with the yellow part to a boil. Turn the  heat to low and let boil until it reaches  230F/110C in sugar thermometer.
  3. In a bowl put 13 egg yolks + 1 whole egg and whisking only to mixture the eggs, do not overmix.
  4. Pour the sugar syrup into the eggs following the process of temper the eggs taught above.
  5. Stain and pour the mix into the baking  pan.
  6. Put it in the oven in a double boiler for 45 minutes.
  7. Verify that it’s ready by using a skewer stick. If the stick comes out clean it means that the pudding is ready,
  8. Carefully remove it from oven and place it on a wire grill. Let cool at room temperature and put it in the fridge until is completely cool.
  9. Remove from de pan by passing around a spatula and shake carefully until the pudding is all lose. Put it again in the fridge.
  10. FOR CANDIED LEMON SLICES: cut the lemons into 1/8-inch-thick rounds;
  11. Stir together sugar and water in a large skillet over medium heat until sugar is dissolved. Add lemon slices and simmer gently, keeping slices in a single layer and turning occasionally, +\- 10 minutes until they are browned.
  12. Remove from the heat. Place slices in a single layer in a wax paper, using tangs. Cool completely. Reserve the caramel to use in pudding.

If you have any doubts, please let me know!

I would appreciate your feedback on this post!

Xoxo

Ana

 Tarte de nectarinas e frutos vermelhos

Cobbler é o seu nome verdadeiro. Quando andei à procura da tradução, encontrei na Wikipedia um artigo que explica que é um prato que se faz na Inglaterra e na América do Norte, consistindo em colocar fruta ou um guisado numa forma funda que vá ao forno e por cima massa de tarte ou biscoito de forma redonda. Quando vai ao forno a massa fica douradinha e o recheio da fruta a borbulhar por baixo. Acrescenta o artigo que o  Cobbler vem dos tempos dos colonos ingleses na América.IMG_1769-2

Passando à sua execução, é uma sobremesa fácil e rápida de se fazer, 50 minutos já com o tempo de forno. Eu gosto muito de a fazer com os frutos de verão, desde morangos, pêssegos, nectarinas, ameixas e podemos misturà-los, é uma óptima sobremesa para aproveitar frutos que por vezes já estão maduros demais para comer.IMG_1750-2

Esta tem um ingrediente especial, cerveja de frutos vermelhos, que foi acrescentada á massa de biscoito ,e ao recheio.

IMG_1752-2
cerveja borrifada em cima da fruta com o açucar, o amido de milho e a canela

Não esquecer a regra que a manteiga tem que estar fria quando misturada com a farinha e depois de misturada com os ingredientes líquidos tem que ir ao frio.

 

 Depois de tirada do frigorífico com o recheio já dentro da “tarteira funda”estender a massa com +/- 1cm de espessura, cortar rodelas e colocá-las em cima do recheio. IMG_1758-2

Desta vez fiz rodelas mais pequenas e preenchi os espaços vazios com o resto da massa. Pessoalmente como efeito visual, gosto mais de vê-la preenchida com rodelas maiores. Fica ao critério de cada um.

Quando sai do forno deixamos arrefecer um pouco e servimos. Nós cá em casa gostamos com uma rodela de gelado por cima

IMG_1770IMG_1772-2

Bom apetite!

Receita 6 a 8 pessoas (tarteira funda de 20/22cm)

Ingredientes

Para a massa biscoito

  • 80g de açúcar
  • 310g de farinha55 sem fermento
  • 1+1/2 colher de chá de fermento
  • metade de 1/2 colher de chá de sal
  • 1 gema de ovo
  • 1 colher de chá de extrato de baunilha
  • 110g de cerveja de frutos silvestres
  •  40g de leite em pó
  •  90g de manteiga sem sal fria

para o recheio

  • 150g de açúcar
  •  40g de amido de milho
  •  1 colher de chá de canela em pó
  •  5 nectarinas descascadas e cortadas em cubos
  •  100g de mirtilios ou outros frutos vermelhos ou mistura
  • 110g de cerveja de frutos silvestres
  • raspa de um limão

Preparação

  1. Ligar o forno a 180ºC;
  2. Numa tigela grande colocar a farinha, o açúcar, o fermento e o sal. Deitar os quadrados de manteiga e com os dedos ou o robot de cozinha misturar até  a mistura ficar granulada como se mostra na figura;
  3. Noutra tigela misturar a cerveja, gema de ovo, extrato de baunilha e o leite em pó. Deitar na mistura da massa com a manteiga e juntar todos os ingredientes até formar uma bola; Colocar no frigorífico enquanto prepara o cheio;
  4. Na tarteira funda colocar a fruta, espalhando-a por toda a forma;
  5. Numa tigela pequena, combinar o açúcar, amido de milho, a canela e a raspa do limão; polvilha por cima da fruta; seguidamente borrife a cerveja;
  6. Tire a massa do frigorífico e numa bancada com farinha estenda a massa com +/- 1 cm de espessura e corte rodelas para colocar em cima da mistura da fruta, até cobrir;
  7. Coloque no forno até a massa ficar dourada e a fruta a borbulhar em baixo +/- 20 minutos. Retire do forno deixe arrefecer um pouco e sirva.IMG_1763-2

Beijos e Abraços!

 

Semifrio de Tiramisu

Quando abri a porta do frigorífico deparei-me com uma embalagem de queijo mascarpone que tinha comprado no Ldl na semana de produtos italianos. Pensei que teria de fazer alguma coisa com aquele queijo. Foi então que me lembrei que tinha visto uma receita na revista de culinária ” Segredos de cozinha” de Abril que encaixaria na perfeição no meu queijo mascarpone.  Fui buscar o avental, o bloco de notas, listei os ingredientes da receita e comecei, tendo atenção aos detalhes para mais tarde poder partilhar com vocês.

 Os detalhes:

  • Alterei as quantidades de alguns ingredientes;
  • Muito importante ter os ingredientes à temperatura ambiente;
  • Costumo demolhar as folhas de gelatina enroladas numa caneca com água fria;
  • Nunca ponho a sobremesa dentro do congelador, para apressar a sua solidificação. Geralmente faço as sobremesas de noite para ficarem no frio até ao outro dia;
  • Quando adicionar o queijo  mascarpone às gemas batidas bata em velocidade mínima só o suficiente para incorporar, se bater demais corre o risco de a mistura talhar;
  • Quando envolver os palitos de champanhe com o preparado de café e licor tenha cuidado para não os ensopar em demasiado;
  •  Guarde o que sobrar no frigorífico cobrindo o melhor que puderem com película aderente para não secar;
img_1320
2 colheres de sopa de natas batidas a serem incorporadas na gelatina escorrida
IMG_1328-2
a gelatina derretida com as 2 colheres de sopa de natas a serem incorporadas novamente nas natas batidas 
IMG_1332
pronta para ir umas horas para o frigorífico

Resultado final

Decorei com umas amêndoas coloridas para honrar a quadra Pascal.

Bom Apetite!!!!!

Ingredientes:

  • 4 folhas de gelatina
  • 3 ovos temperatura ambiente
  • 6 colheres de sopa de açúcar em pó
  • 250g de queijo mascarpone
  • 200ml de natas
  • 2 cálices de licor de chocolate
  • 300g de palitos de champanhe
  • 3dl de café forte
  • Cacau em pó, grão de café e pepitas douradas de chocolate q.b

Modo de preparação

  1. Passe uma forma rectangular-a que vulgarmente chamamos “forma do bolo inglês”- por agua fria e forre-a com película aderente e reserve. Bata as gemas com o açúcar em velocidade média/alta até a mistura ficar esbranquiçada e fofa, +\- 3 minutos, adicione o queijo, reduza a velocidade para o mínimo e bata 30/40segundos. Noutra tigela bata as claras em castelo e envolva no preparado anterior.
  2. Numa terceira tigela bata as natas, retire 2 colheres de sopa das mesmas para uma tigela que vá ao micro-ondas e junte as folhas da gelatina escorridas. Leve ao micro-ondas por uns segundos até derreter. Deixe arrefecer mais alguns segundos e envolva com as restantes natas e junte no creme de queijo.
  3. Misture o licor com o café, embeba alguns palitos de champanhe na mistura e coloque uma camada dos mesmos no fundo da forma, cubra com o queijo creme repetindo a operação até finalizar os ingredientes, terminando com os palitos de champanhe como ilustra a imagem acima e levar ao frigorífico no mínimo 4 horas. Desenforme com cuidado, virando a forma no prato de servir, tirando a película aderente. Decore o cimo polvilhando com cacau em pó e grãos de café.
  4. Se sobrar creme, coloque-o num saco de pasteleiro com um bico estrela, decorando a seu gosto.

Feliz Páscoa!

Beijos e abraços