Tarte de nectarinas e frutos vermelhos

Cobbler é o seu nome verdadeiro. Quando andei à procura da tradução, encontrei na Wikipedia um artigo que explica que é um prato que se faz na Inglaterra e na América do Norte, consistindo em colocar fruta ou um guisado numa forma funda que vá ao forno e por cima massa de tarte ou biscoito de forma redonda. Quando vai ao forno a massa fica douradinha e o recheio da fruta a borbulhar por baixo. Acrescenta o artigo que o  Cobbler vem dos tempos dos colonos ingleses na América.IMG_1769-2

Passando à sua execução, é uma sobremesa fácil e rápida de se fazer, 50 minutos já com o tempo de forno. Eu gosto muito de a fazer com os frutos de verão, desde morangos, pêssegos, nectarinas, ameixas e podemos misturà-los, é uma óptima sobremesa para aproveitar frutos que por vezes já estão maduros demais para comer.IMG_1750-2

Esta tem um ingrediente especial, cerveja de frutos vermelhos, que foi acrescentada á massa de biscoito ,e ao recheio.

IMG_1752-2
cerveja borrifada em cima da fruta com o açucar, o amido de milho e a canela

Não esquecer a regra que a manteiga tem que estar fria quando misturada com a farinha e depois de misturada com os ingredientes líquidos tem que ir ao frio.

 

 Depois de tirada do frigorífico com o recheio já dentro da “tarteira funda”estender a massa com +/- 1cm de espessura, cortar rodelas e colocá-las em cima do recheio. IMG_1758-2

Desta vez fiz rodelas mais pequenas e preenchi os espaços vazios com o resto da massa. Pessoalmente como efeito visual, gosto mais de vê-la preenchida com rodelas maiores. Fica ao critério de cada um.

Quando sai do forno deixamos arrefecer um pouco e servimos. Nós cá em casa gostamos com uma rodela de gelado por cima

IMG_1770IMG_1772-2

Bom apetite!

Receita 6 a 8 pessoas (tarteira funda de 20/22cm)

Ingredientes

Para a massa biscoito

  • 80g de açúcar
  • 310g de farinha55 sem fermento
  • 1+1/2 colher de chá de fermento
  • metade de 1/2 colher de chá de sal
  • 1 gema de ovo
  • 1 colher de chá de extrato de baunilha
  • 110g de cerveja de frutos silvestres
  •  40g de leite em pó
  •  90g de manteiga sem sal fria

para o recheio

  • 150g de açúcar
  •  40g de amido de milho
  •  1 colher de chá de canela em pó
  •  5 nectarinas descascadas e cortadas em cubos
  •  100g de mirtilios ou outros frutos vermelhos ou mistura
  • 110g de cerveja de frutos silvestres
  • raspa de um limão

Preparação

  1. Ligar o forno a 180ºC;
  2. Numa tigela grande colocar a farinha, o açúcar, o fermento e o sal. Deitar os quadrados de manteiga e com os dedos ou o robot de cozinha misturar até  a mistura ficar granulada como se mostra na figura;
  3. Noutra tigela misturar a cerveja, gema de ovo, extrato de baunilha e o leite em pó. Deitar na mistura da massa com a manteiga e juntar todos os ingredientes até formar uma bola; Colocar no frigorífico enquanto prepara o cheio;
  4. Na tarteira funda colocar a fruta, espalhando-a por toda a forma;
  5. Numa tigela pequena, combinar o açúcar, amido de milho, a canela e a raspa do limão; polvilha por cima da fruta; seguidamente borrife a cerveja;
  6. Tire a massa do frigorífico e numa bancada com farinha estenda a massa com +/- 1 cm de espessura e corte rodelas para colocar em cima da mistura da fruta, até cobrir;
  7. Coloque no forno até a massa ficar dourada e a fruta a borbulhar em baixo +/- 20 minutos. Retire do forno deixe arrefecer um pouco e sirva.IMG_1763-2

Beijos e Abraços!

 

Semifrio de Tiramisu

Quando abri a porta do frigorífico deparei-me com uma embalagem de queijo mascarpone que tinha comprado no Ldl na semana de produtos italianos. Pensei que teria de fazer alguma coisa com aquele queijo. Foi então que me lembrei que tinha visto uma receita na revista de culinária ” Segredos de cozinha” de Abril que encaixaria na perfeição no meu queijo mascarpone.  Fui buscar o avental, o bloco de notas, listei os ingredientes da receita e comecei, tendo atenção aos detalhes para mais tarde poder partilhar com vocês.

 Os detalhes:

  • Alterei as quantidades de alguns ingredientes;
  • Muito importante ter os ingredientes à temperatura ambiente;
  • Costumo demolhar as folhas de gelatina enroladas numa caneca com água fria;
  • Nunca ponho a sobremesa dentro do congelador, para apressar a sua solidificação. Geralmente faço as sobremesas de noite para ficarem no frio até ao outro dia;
  • Quando adicionar o queijo  mascarpone às gemas batidas bata em velocidade mínima só o suficiente para incorporar, se bater demais corre o risco de a mistura talhar;
  • Quando envolver os palitos de champanhe com o preparado de café e licor tenha cuidado para não os ensopar em demasiado;
  •  Guarde o que sobrar no frigorífico cobrindo o melhor que puderem com película aderente para não secar;
img_1320
2 colheres de sopa de natas batidas a serem incorporadas na gelatina escorrida
IMG_1328-2
a gelatina derretida com as 2 colheres de sopa de natas a serem incorporadas novamente nas natas batidas 
IMG_1332
pronta para ir umas horas para o frigorífico

Resultado final

Decorei com umas amêndoas coloridas para honrar a quadra Pascal.

Bom Apetite!!!!!

Ingredientes:

  • 4 folhas de gelatina
  • 3 ovos temperatura ambiente
  • 6 colheres de sopa de açúcar em pó
  • 250g de queijo mascarpone
  • 200ml de natas
  • 2 cálices de licor de chocolate
  • 300g de palitos de champanhe
  • 3dl de café forte
  • Cacau em pó, grão de café e pepitas douradas de chocolate q.b

Modo de preparação

  1. Passe uma forma rectangular-a que vulgarmente chamamos “forma do bolo inglês”- por agua fria e forre-a com película aderente e reserve. Bata as gemas com o açúcar em velocidade média/alta até a mistura ficar esbranquiçada e fofa, +\- 3 minutos, adicione o queijo, reduza a velocidade para o mínimo e bata 30/40segundos. Noutra tigela bata as claras em castelo e envolva no preparado anterior.
  2. Numa terceira tigela bata as natas, retire 2 colheres de sopa das mesmas para uma tigela que vá ao micro-ondas e junte as folhas da gelatina escorridas. Leve ao micro-ondas por uns segundos até derreter. Deixe arrefecer mais alguns segundos e envolva com as restantes natas e junte no creme de queijo.
  3. Misture o licor com o café, embeba alguns palitos de champanhe na mistura e coloque uma camada dos mesmos no fundo da forma, cubra com o queijo creme repetindo a operação até finalizar os ingredientes, terminando com os palitos de champanhe como ilustra a imagem acima e levar ao frigorífico no mínimo 4 horas. Desenforme com cuidado, virando a forma no prato de servir, tirando a película aderente. Decore o cimo polvilhando com cacau em pó e grãos de café.
  4. Se sobrar creme, coloque-o num saco de pasteleiro com um bico estrela, decorando a seu gosto.

Feliz Páscoa!

Beijos e abraços